Jamie O´Brien leva escovada

Logo no primeiro dia da janela de espera, Pipeline deu as caras e presenteou os bodyboarders com ondas de 2 a 2,5 metros e formação tubular, condições perfeitas para o início da primeira etapa do circuito mundial de bodyboard.

No total, foram 32 baterias em um dia agitado e o quarto round foi finalizado. O dia não foi muito bom para o Brasil, que sofreu duas baixas na estréia do Turbo Bodyboard Pipeline Pro 2009.

O primeiro a cair na água foi Jean Ferreira, que mora há muitos anos nos Estados Unidos. O atleta acabou na quarta posição em sua bateria e acabou eliminado logo na segunda fase.

Leandro Duenas foi o segundo canarinho a dar adeus à etapa ao terminar na última posição na oitava bateria da terceira fase.

O último atleta brasileiro a participar do primeiro dia de eventos foi Josifran Araujo. Assim como os outros dois atletas brazucas, Josifran não conseguiu avançar na sexta bateria do quarto round e também deixou a competição.

Ainda na terça-feira, uma das baterias mais aguardadas do evento caiu na água. O local Jamie O’Brien fez sua estréia em etapas do circuito mundial de bodyboard e mesmo com todo seu conhecimento local não conseguiu avançar.

Jamie acabou na terceira posição em uma bateria vencida pelo aussie Damien King. A participação de O’Brien era tão aguardada que até os tops do circuito mundial presenciaram o desempenho do havaiano.

Mesmo com a derrota, Jamie chamou a atenção dos presentes em Pipeline. “Jamie se posicionou perfeitamente no mar e mostrou que conhece muito bem esse local”, disse o duas vezes campeão mundial Ben Player.

Dos onze brasileiros que restam na etapa, alguns podem estrear no segundo dia de competição. Sthepan Stamm está escalado para disputar a quinta bateria do round cinco ao lado dos australianos Toby Player e Chad Jackson, além do português Gastão Entrudo.

Além do carioca, Lucas Nogueira, Hellinton Loureiro e Erisberto Abrantes estão escalados para a sexta fase e devem cair na água no segundo dia de evento.

A etapa de Pipeline oferece US$ 20 mil em prêmios e 2000 pontos no ranking mundial por se tratar de um evento com status Grand Slam.

Jamie O´Brien está fora da briga em Pipeline. Foto: IBAMedia

Jamie O´Brien está fora da briga em Pipeline. Foto: IBAMedia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: