Uma década em Noronha (PE)

O campeonato mais tradicional da América do Sul comemora seu 23º aniversário e completa uma década no arquipélago de Fernando de Noronha (PE) neste ano.

O primeiro Hang Loose Pro Contest já marcou a história do esporte no país ao trazer o Circuito Mundial de volta ao Brasil em 1986 na praia da Joaquina, em Florianópolis (SC).

Depois, passou pelo Guarujá (SP), pelo litoral Sul de Pernambuco e no ano 2000 estreou no paraíso de Fernando de Noronha. Um total de 457 surfistas de 22 países já competiu na ilha e conheceu a beleza de um dos destinos turísticos mais procurados do planeta.

O palco principal é a Cacimba do Padre, emoldurada pelo Morro Dois Irmãos, que entre os dias 9 e 15 de fevereiro recebe o primeiro grande evento da temporada. O Hang Loose Pro Contest 2009 será o primeiro 5 estrelas de 2.000 pontos do WQS 2009 e a vitória pode

valer a liderança neste início da corrida por 15 vagas no ASP World Tour.

No ano passado, o carioca Raoni Monteiro derrotou o norte-americano Gabe Kling na final que valia o desempate no número de títulos brasileiros e de surfistas estrangeiros na mais antiga galeria de campeões do continente Sul-americano.

O placar agora está 13 a 12 para o Brasil, pois foram realizadas duas edições no mesmo ano duas vezes. Os brasileiros sempre são maioria entre os inscritos, mas representantes de outros onze países já confirmaram participação para tentar igualar esta disputa especial neste ano.

Nilton Santos / ASP South America.

Guilherme Herdy, campeão da primeira edição do Hang Loose Pro Contest em Noronha (PE). Foto: Nilton Santos / ASP South America.

Os australianos dominaram os primeiros pódios na Joaquina, com Tom Carroll sendo bicampeão em 1987 e 1988. Em 1990, o Hang Loose Pro Contest mudou para o Guarujá e o paraibano Fábio Gouveia, integrante da Equipe Hang Loose até hoje, conquistou a primeira vitória brasileira na história da ASP logo na estréia na praia das Pitangueiras.

Aí veio outro bicampeonato australiano de Nicky Wood em 1991 e 1992 e o Brasil ganhou seu segundo título em 1995, com o paranaense Peterson Rosa vencendo a etapa que marcou a despedida do Guarujá. Com a mudança para o Nordeste, o número de vitórias brasileiras aumentou.

Em Fernando de Noronha, foram quatro seguidas – Guilherme Herdy (RJ), Fábio Silva (CE), Victor Ribas (RJ) e Neco Padaratz (SC) – até o sul-africano Warwick Wright quebrar a hegemonia em 2004. No ano seguinte, o californiano Bobby Martinez, hoje top do ASP Tour, foi o vencedor e igualou o número de títulos estrangeiros e brasileiros.

Em 2006 o catarinense Jean da Silva recolocou o Brasil na frente, o espanhol Aritz Aranburu empatou o placar de novo em 2007, mas Raoni Monteiro recuperou a vantagem no ano passado.

Surfistas de 22 países – Desde que aportou no Arquipélago de Fernando de Noronha no ano 2000, já foram realizadas 662 baterias com quase maioria absoluta nos tubos da Cacimba do Padre. Só em 2001 as fases decisivas rolaram no lendário pico do Abras, numa região superprotegida pelo IBAMA.

Em 9 anos, um total de 457 surfistas diferentes de 22 países participou do Hang Loose Pro Contest na Ilha, sendo 265 do Brasil, incluindo cerca de 45 locais de Fernando de Noronha.

Entre os estrangeiros, o maior número veio dos Estados Unidos (49), que já decidiu três títulos contra o Brasil na Cacimba do Padre. Bobby Martinez ganhou a primeira final homem-a-homem da história do WQS em 2005, com uma nota 10 num tubão contra o cearense Dunga Neto.

No ano seguinte, o catarinense Jean da Silva deu o troco em cima do norte-americano Gabe Kling, que também foi vice-campeão em 2008 contra o carioca Raoni Monteiro na 13ª vitória verde-amarela no Hang Loose Pro Contest, contra 12 estrangeiras.

Recordes em Noronha – Em Fernando de Noronha, este placar é 6 x 3 para o Brasil e a expectativa é que aumente este ano. O primeiro campeão foi o niteroiense Guilherme Herdy, atleta que mais venceu baterias lá, saindo do mar em primeiro lugar em 19 das 31 vezes que competiu.

Já o baiano Wilson Nora foi quem mais vestiu a lycra de competição em Noronha, completando 33 baterias no ano passado. Os dois fazem parte de um seleto grupo de treze surfistas que participaram de todas as nove edições na Ilha.

Com patrocínio exclusivo da Hang Loose, a 10ª edição do Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha conta com a importante parceria do Governo do Estado de Pernambuco (por intermédio da Empetur – Secretaria de Turismo), Administração de Fernando de Noronha, Projeto Tamar e Napali Supatech Ribstop. Co-patrocínio: Star Point, Central Surf, Overboard, Bleat, Hot Water, Sthill, KYW, WQSurf, Bali Surf Shop, Star Surf, Tchuk Jhones e Surfstore. O evento homologado pela ASP South America como terceira etapa do WQS, ainda conta com apoio da Federação Pernambucana de Surf, Associação Nordestina de Surf (ANS), Gráfica Formag’s, Revista Fluir e Waves.Terra.

Aleko Stergiou.

Cacimba do Padre será palco das batalhas do campeonato. Foto: Aleko Stergiou.

Galeria dos campeões do Hang Loose Pro Contest

2008 – Raoni Monteiro (Bra) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2007 – Aritz Aranburu (Esp) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2006 – Jean da Silva (Bra) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2005 – Bobby Martinez (EUA) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2004 – Warwick Wright (Afr) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2003 – Neco Padaratz (Bra) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2002 – Victor Ribas (Bra) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2001 – Fábio Silva (Bra) na Cacimba com finais no Abras, Fernando de Noronha (PE)

2000 – Guilherme Herdy (Bra) na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE)

2000 – Christiano Spirro (Bra) na praia de Maresias, São Sebastião (SP)

1999 – Richard Lovett (Aus) na Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)

1999 – Peterson Rosa (Bra) na praia de Maresias, São Sebastião (SP)

1998 – Armando Daltro (Bra) em Gaibú, Cabo de Santo Agostinho (PE)

1997 – Marcelo Nunes (Bra) na Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)

1996 – Fábio Silva (Bra) na Baía de Maracaípe, Ipojuca (PE)

1995 – Peterson Rosa (Bra) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1994 – Matt Hoy (Aus) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1993 – Joey Jenkins (Eus) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1992 – Nicky Wood (Aus) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1991 – Nicky Wood (Aus) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1990 – Fábio Gouveia (Bra) na praia das Pitangueiras, Guarujá (SP)

1989 – Glen Winton (Aus) na praia da Joaquina, Florianópolis (SC)

1988 – Tom Carroll (Aus) na praia da Joaquina, Florianópolis (SC)

1987 – Tom Carroll (Aus) na praia da Joaquina, Florianópolis (SC)

1986 – Dave Macaulay (Aus) na praia da Joaquina, Florianópolis (SC)

Vitórias em baterias em Fernando de Noronha

19 vitórias – Guilherme Herdy (Bra) em 31 baterias disputadas

17 – André Silva (Bra) em 27 baterias

14 – Neco Padaratz (Bra) em 26 baterias

13 – Danilo Costa (Bra) em 28 baterias

12 – Hizunomê Bettero (Bra) em 19 baterias

11 – Wilson Nora (Bra), Gabe Kling (EUA), Warwick Wright (Afr) e Jean da Silva (Bra)

Baterias disputadas em Fernando de Noronha

33 baterias – Wilson Nora (Bra)

31 – Guilherme Herdy (Bra)

28 – Danilo Costa (Bra) e Marcelo Trekinho (Bra)

27 – André Silva (Bra)

26 – Neco Padaratz (Bra) e Gabe Kling (EUA)

Índices de aproveitamento em Fernando de Noronha

75,0% – Fredrick Patacchia (Haw) – ganhou 3 das 4 baterias que disputou em 2002

69,2% – Bobby Martinez (EUA) – ganhou 9 das 13 que disputou em 2003 e 2005

66,7% – Josh Kerr (Aus) – ganhou 2 das 3 baterias que disputou em 2006

63,6% – Aritz Aranburu (Esp) – venceu 7 das 11 baterias que disputou em 2006 e 2007

63,2% – Hizunomê Bettero (Bra) – ganhou 12 das 19 disputadas desde 2004

63,0% – André Silva (Bra) – ganhou 17 das 27 baterias que disputou de 2000 a 2008

Surfistas que participaram de todas edições do Hang Loose Pro Contest em Noronha – Guilherme Herdy (RJ), André Silva (CE), Fábio Gouveia (PB), Danilo Costa (RN), Wilson Nora (BA), Marcelo Trekinho (RJ), Marco Polo (SC), Dunga Neto (CE), Danylo Grillo (SP), Sávio Carneiro (PE), Fabrício Junior (RN), Alvaro Bacana (MA) e o local Caia Souza (PE).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: